sexta-feira, 28 de junho de 2013

VIAJAR NA ECONÔMICA...QUE SUFOCO! TEM ATÉ ATAQUE DE ZUMBIS!

Além das agruras dos assentos apertados, da "gentileza" das aeromoças e da comida ruim, que viaja na classe econômica das aeronaves pelo mundo, está sofrendo agora com ataques de zumbis e sendo submetida a um estado torpor absoluto.

Por enquanto não é uma realidade. Está apenas nos cinemas. Em Os Amantes Passageiros, de Almodóvar, álcool e drogas dão as cartas em um voo que não pode pousar por conta de um problema nos trens de aterrissagem. Acreditando que vão morrer, três integrantes da tripulação e passageiros, fazem confidências como se estivessem vivendo os seus últimos momentos. Um inferno toma conta da classe econômica, menos pior, no entanto, que em  Guerra Mundial Z, onde numa sequência Brad Pitt em um aeronave abre uma cortina e vê  os passageiros da classe econômica sendo devorados por zumbis. Sei não... se puder vou procurar evitar a dita cuja, pelo menos por uns tempos...

E por falar em Zumbis tem também nas telas Juan dos Mortos, uma co-produção cubana/espanhola/mexicana. Noves fora o enredo, vale a pena mencionar o start da produção, com o perdão, desde já, dos admiradores do regime político da ilha. O diretor Alejandro Brugués, um argentino radicado em Cuba, andava com seu produtor pelas ruas de Havana, olhando as pessoas, todas muitas preocupadas e centradas na luta pela sobrevivência, nada fácil, na ilha dos Castro. Disse que, meio como piada, comentou com o seu produtor como seria fácil fazer um filme de zumbis, com aquelas pessoas, sem precisar gastar muito. E por que não fazemos, perguntou o produtor? Brugués diz que inspirou-se na realidade social do país, transformando problemas reais em soluções fictícias para o filme.  O Juan, do título, num comportamento bem típico de quem vive as agruras do regime castrista, quando uma praga começa a transformar a população de Havana em zumbis, resolve tirar partido da situação montando um negócio para exterminar "entes queridos".

Quem estiver interessado na praga dos zumbis, que depois de infestar as telas nos seriados de TV faz agora a sua aparição com todas as honras e glórias, pode conferir o filme produzido e estrelado por Brad Pitt, dirigido por Marc Forster, em quase todas as telonas da praça. Já o cubano vai dar mais trabalho, em exibição em poucos cinemas da cidade. As férias de julho estão começando, vamos aos zumbis da ficção, evitando, na medida do possível, os da vida real.