terça-feira, 30 de julho de 2013

PELO MENOS DUAS MARCAS FATURARAM (BEM) COM A VISITA DO PAPA

A presidente, Cristina Kirchner, ganhou de presente, para o seu neto, sapatinhos brancos da fábrica brasileira Pimpolho, que não são vendidos na Argentina em razão das barreiras comerciais. A Fiat, que cedeu o modelo Idea, usado pelo Papa.

O fato de Francisco ter escolhido um modelo de carro mais popular, para circular em sua visita ao país, foi explorado a exaustão pela imprensa e a Fiat informou que vai manter o Idea em seu acervo para ser exposto em um futuro museu. Na sua página no Facebook a montadora postou uma foto do carro, no céu, com a frase: Boa Idea, Francisco".

A Pimpolho acredita que depois da escolha do Papa a Argentina, que era o maior mercado externo da empresa, possa reconsiderar as restrições. Uma empresa daquele país já sinalizou interesse em representar a marca.