quinta-feira, 11 de julho de 2013

SE O GOVERNO COMPRAR UM CIRCO O ANÃO COMEÇA A CRESCER.

Certa feita Delfim Neto saiu-se com esse comentário, que faz todo sentido quando se descobre que quatro aparelhos de raio-x e 110 detectores de metal, no valor de um milhão de reais (preços da época)  foram "esquecidos" em um depósito da PF. O Ministério Público alvoroçou-se, promete investigar a fundo o "esquecimento"etc e tal e coisa. Resta esperar para saber o que será "esquecido", as custas do contribuinte, de outros equipamentos adquiridos para a Copa das Confederações, Copa de 2014 (hum...) e para as Olimpíadas de 2016. Se tudo correr como dantes no Quartel de Abrantes periga vermos um crescimento vertiginoso de anões e mais anões nesse circo nacional.