quinta-feira, 10 de outubro de 2013

45 MILHÕES DE DEFICIENTES DISCRIMINADOS NA PROPAGANDA.

O Brasil tem mais de 45 milhões de deficientes. A colunista Inês de Castro da BandNews chama a atenção para o fato de que esse contingente não é visto como consumidor. É verdade. Nenhum deficiente aparece em comerciais a não ser em peças para divulgar associações médicas que tratam de suas deficiências ou entidades em busca de doações. O setor ainda não se deu conta que esse pessoal também consome e tem rendimentos. Uma fotógrafa Kika de Castro, criou uma agência de modelos exclusivamente com deficientes. Já tem 81 cadastrados. É um grande passo, mas é muito pouco ainda diante da exclusão que sofrem dos anunciantes. Será que veremos em breve alguma agência e/ou anunciante que tenha coragem de inserir esses consumidores em seus comerciais?