domingo, 24 de janeiro de 2016

TORRAR AS RESERVAS CAMBIAIS UMA PÉSSIMA IDEIA


Os grandes gênios do bolivarianismo, noves fora o nada bobo, Evo Morales, presidente da Bolívia, conseguiram, ou estão no bom caminho para isso, acabar com as economias dos seus países. A Venezuela praticamente já torrou todas as suas reservas, sem que qualquer avanço fosse conseguido, pelo contrário, hoje a Venezuela ostenta os inacreditáveis índices 720% de inflação anual, um recorde mundial.

Por isso assusta quando a nossa presidente admite, ainda que como “hipótese”, usar as reservas cambiais.  “Eu não acho adequado fazer isso agora. Não é sagrado isso. Tem momento em que isso possa vir a ser colocado como uma hipótese. Nós não temos fuga de capital. Nós não temos fuga financeira”, justificou a presidente.

Tomara que, seja lá o que quis dizer a mandatária, a ideia não passe de mesmo uma hipótese, daquelas que após uma rápida análise são descartada sumariamente. Afinal, não se conhece a história de nenhum país, queimando as suas reservas cambiais, tenha se dado bem, obtido algum êxito na correção dos rumos das suas economias. Todos que ser arriscaram nessa "hipótese" tiveram como único resultado um conhecimento profundo do fundo do poço

Vamos rezar para tudo não passar mesmo de um hipótese, daquelas que, após uma aligeirada avaliação, são de pronto descartadas.